Páginal Inicial / Blog MJ Capacitações / Comércio eletrônico: Gerente de E-Commerce em alta

Comércio eletrônico: Gerente de E-Commerce em alta

comercio-eletronico-gerente-de-e-commerce-em-alta

O consumo pela Internet está ficando cada vez mais sólido, principalmente em segmentos como eletroeletrônicos e moda. Percebendo esta tendência, as empresas estão migrando com força total para o meio digital com qualidade e estrutura, pois não adianta simplesmente estar na Internet sem conhecimento de atuação. Neste contexto, o gerente de e-commerce ganha importância, pois é o profissional que tem a visão sistêmica do site, da operação e do atendimento ao consumidor.

A função do gerente de comércio eletrônico é gerir o desenvolvimento e implementação de estratégias de websites para vender produtos e serviços. De acordo com pesquisa desenvolvida pelo Programa de Estudos do Futuro (Profuturo), da Fundação Instituto de Administração, da Universidade de São Paulo, a profissão está entre as mais promissoras do mercado brasileiro em uma perspectiva até o ano de 2020. O levantamento foi realizado com dezenas de diretores de grandes empresas de todo o país.

“O gerente de e-commerce tem um olhar de 360º de toda a operação virtual da empresa, desde a parte de tecnologia de um site até a gestão de departamentos e pessoas”, explica Mauricio Salvador, sócio-fundador da Ecommerce SchoolSegundo Salvador, gerir pessoas também é uma competência necessária, pois o mercado de Internet é composto por profissionais jovens, em cargos antes inexistentes, como analista de marketing digital e de métricas. “São equipes jovens e que precisam de uma gestão motivadora e que incentive o desenvolvimento”, indica.

curso da Ecommerce School dá a visão de todas as disciplinas que envolvem o dia a dia da gestão do e-commerce, como ações, planejamentos e estratégias. A escola também oferece a oportunidade da prática do networking de forma muito rica, pois o aluno convive com colegas e professores inseridos no mercado de trabalho. “Somos o único curso no Brasil que oferece um selo certificado e reconhecido pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, o quadro de professores é formado por donos de empresas, autores de livros e estudiosos no assunto, e temos uma infraestrutura completa com salas de aula”, reforça Salvador.

O gerente de comércio eletrônico precisa ter agilidade e estar antenado nas tendências, pois o mercado digital é muito dinâmico e competitivo, com uma barreira de entrada muito baixa – hoje, qualquer pessoa tem recursos e pode abrir uma loja virtual. “O desenvolvimento da web e as melhores condições de acesso e segurança juntamente com a ascensão da classe média estão proporcionando um crescimento expressivo do comércio eletrônico, que se apresenta como uma grande oportunidade para profissionais preparados para atuar neste mercado”, contextualiza Tiago Sereza, gerente de integração da Catho Educação.

Maturidade do comércio eletrônico

O mercado brasileiro não para de crescer e a ascensão da classe C impulsiona as vendas pela Internet. As empresas perceberam esta oportunidade e vêm amadurecendo quando o assunto é vendas pela web. “No país, estima-se que existam mais de 83 milhões de usuários, o que demonstra a amplitude e o potencial do setor de comércio eletrônico que tem registrado índices de crescimento superiores a 30% nos últimos anos”, aponta Sereza.

Para o sócio-fundador da Ecommerce School, o Brasil não está tão atrás das grandes potencias mundiais. “A maior questão é a penetração da Internet na população, pois o consumidor brasileiro já é maduro o suficiente para saber comprar pelo meio virtual”, afirma.

Fonte: Comércio eletrônico: Gerente de E-Commerce em alta | Portal Carreira & Sucesso

em

Cursos de Aperfeiçoamento Profissional

Empregos em Fortaleza:

Forjobs - Empregos em Fortaleza

Criação de Sites:

MJ Digital - Inteligência Criativa

Locação de Equipamentos:

MJ TI - Soluções Tecnológicas